Mobilidade espacial da população: desafios teóricos e metodológicos para o seu estudo

mobilidade_espacial[1]

Organizador:
José Marcos Pinto da CunhaSumário

Apresentação – Mobilidade espacial da população: desafios teóricos e metodológicos para o seu estudo
José Marcos Pinto da Cunha

I. Temas metodológicos claves en el estudio de la migración en países en desarollo: teoria, recolleción de datos y políticas
Richard Bilsborrow

II. Movilidad espacial de la población: desafíos teóricos y metodológicos
Hervé Domenach

III. ¿Qué definiciones, que teorías, qué fuentes y qué metodologías precisamos para el estudio de la migración interna en la actualidad?
Jorge Rodríguez Vignoli

IV. Migrações internas no Brasil século 21: evidências empíricas e desafios conceituais
Rosana Baeninger

V. Mobilidades contemporâneas: distribuição espacial da população, vunerabilidade e espaços de vida nas aglomerações urbanas
Eduardo Marandola Jr.

VI. Mobilidade espacial, vulnerabilidade e segregação socioespacial: reflexões a partir do estudo da RM de Campinas, 2007
José Marcos Pinto da Cunha

VII. Dados censitários e técnicas de análise das migrações no Brasil: avanços e lacunas
José Irineu Rangel Rigotti

VIII. O uso das PNAD’s na análise do fenômeno migratório: possibilidades e desafios metodológicos
José Marcos Pinto da Cunha e Alberto Augusto Eichman Jakob

Sobre os Autoreses

Ano da publicação:

Veja também