EXPANSÃO METROPOLITANA E DIVERSIDADES SOCIOAMBIENTAIS: PROPOSTA METODOLÓGICA PARA ANÁLISE ESPACIAL DA EVOLUÇÃO URBANO-REGIONAL DA BAIXADA SANTISTA ATRAVÉS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS

Período:

-

Descrição:

O objetivo principal desse estudo foi o desenvolver uma metodologia que possibilitasse diagnosticar como as mudanças no uso do solo e os processos decisórios, determinados ao longo dos últimos 20 anos, provocaram efeitos diferenciados na Região Metropolitana da Baixada Santista. Essas mudanças geraram conflitos entre as características do meio físico e as formas de ocupação do espaço, contribuindo para o aparecimento de situações de risco ambiental para a população (enchentes, desmoronamentos, poluição, etc.). Com a utilização de imagens de satélite, fotos aéreas e Sistemas de Informações Geográficas (SIG) foi elaborada uma série histórica das transformações do uso do solo para a qual foram realizadas análises espaciais comparando períodos distintos. A análise integrada de aspectos históricos, legais e riscos ambientais contribuiu para a detecção de diferentes zonas de vulnerabilidade, possibilitando a visualização e o entendimento das questões relacionadas às diversidades socioespaciais e demográficas da região relacionadas ao processo de expansão urbana, migração/pendularidade e ocupação de áreas de proteção ambiental.

Coordenador(a):

Drª. Andréa Ferraz Young

Financiador:

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo