ENTRE DOIS MUNDOS? MOBILIDADE EDUCACIONAL INTERGERACIONAL E TRANSFORMAÇÕES NAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS

Período:

2020 - 2022

Descrição:

“O objetivo principal desse projeto é investigar os padrões de nupcialidade e de fecundidade de pessoas que tiveram algum tipo de mobilidade educacional intergeracional. Nosso parâmetro comparativo não será a trajetória nupcial e reprodutiva dos pais desses indivíduos, posto que não há dados estatisticamente representativos para tanto. A referência será o comportamento da nupcialidade e da fecundidade dos pares que detêm o mesmo nível educacional dos nossos indivíduos de interesse, mas para os quais se verifica imobilidade educacional intergeracional. É nossa meta conhecer se aqueles que são a primeira geração de suas famílias a conquistar um diploma universitário, ou a concluir o ensino médio, se adequam rapidamente aos padrões familiares típicos do grupo social no qual estão ingressando; ou se, pelo contrário, eles mantêm traços característicos da nupcialidade e da fecundidade daqueles que permaneceram no grupo educacional compatível com o de seus pais. Dito de forma simples e direta, as perguntas fundamentais desse projeto de pesquisa são: Existem especificidades no processo de formação do par conjugal e no comportamento da fecundidade daqueles para os quais se observa mobilidade educacional intergeracional? É possível que a mobilidade implique no desenvolvimento de padrões de nupcialidade e fecundidade sui generis? Os dados utilizados são provenientes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) dos anos de 1996 e 2014, pois contaram com módulos específicos sobre mobilidade educacional e ocupacional. A metodologia empregada se fundamenta em estatísticas descritivas e análises multivariadas.”

Coordenador(a):

Joice Melo Vieira

Financiador:

CNPq - Processo 310515/2019-0